Tentativa de assalto a mão armada em residência no bairro Paraíba nesta manhã

Meliantes fugindo após tentarem praticar assalto em Caicó

3109
Sandálias e boné foram abandonados pelos ladrões na fuga

Policiais militares do 6° BPM de Caicó foram acionados por volta das 6h40min deste sábado para comparecerem a uma ocorrência de roubo em uma residência. O fato ocorreu na esquina da Rua João Florêncio com a Rua José Avelino, nas proximidades do Colégio Monsenhor Walfredo Gurgel no bairro Paraíba.

Informações davam conta de que dois elementos armados haviam feito um assalto e fugido com destino ao Rio Barra Nova.

Viaturas do 3° DPRE (trânsito) e de Rádio Patrulhas se dirigiram ao local e fizeram um cerco na tentativa de capturar os acusados. Policiais do GTOR chegaram a visualizar um dos elementos, apenas de calção, correndo para dentro do rio.

Como foi a ação dos marginais?

Tudo leva a crer que os dois subiram até a área de serviço do primeiro andar da vítima escalando as grades dos portões do prédio vizinho e ficaram esperando que a dona da casa abrisse a porta. Havia marca de uma sandália na parede ao lado do portão.

Local por onde os ladrões teriam entrado na área de serviço da casa para esperar a proprietária abrir a porta
Local por onde os ladrões teriam entrado na área de serviço da casa para esperar a proprietária abrir a porta

“Eu fui abrir a porta da cozinha quando percebi um vulto pelas brechas e me afastei com medo. Eles arrombaram a parte de cima da porta e entraram. Os dois estavam armados. Em casa só estava eu e minha filha, comecei a gritar e corri para outros cômodos da casa, gritando. Eles fugiram por onde entraram sem levar nada com medo de serem descobertos e alguém chamar a polícia, eu acho”, contou ‘Toinha’ que possui uma lojinha de roupas na parte de baixo do prédio.

Na fuga os ladrões deixaram para trás um par de sandálias e um boné dentro da área de serviço da residência e outro par de sandálias no meio da rua.

Pertences dos ladrões abandonados na fuga
Sandálias e boné abandonado pelos ladrões na fuga

A Polícia Civil irá buscar imagens de câmeras no intuito de tentar identificar os marginais que fizeram mãe e filha viverem momentos de terror.